PT adia convenção para tentar minar força da neta de Arraes e apoiar PSB em PE

Pré-candidata do PT ao governo de Pernambuco, Marília Arraes desembarcou em Brasília na terça (5) para constranger a direção do partido, que tinha uma conversa marcada com o Paulo Câmara (PSB).

O cabo de guerra persiste. A sigla adiou sua convenção no estado para tentar minar o apoio à candidatura dela na executiva.

Se a convenção pernambucana fosse hoje, Marília sairia vitoriosa. A ordem é procurar os dirigentes locais para estimular o apoio a Paulo Câmara.

Dirigentes partidários pressionaram Marília dizendo que insistir na pré-candidatura é destruir o projeto nacional do PT, que também tenta trocar o apoio a Câmara por uma aliança com o PSB pró-Fernando Pimentel em Minas.

Com informações da Folha de S.Paulo.