Produção industrial cai 0,3% em agosto, mostra IBGE

A produção industrial de agosto teve queda de 0,3%, divulgou nesta terça-feira, 2, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O indicador voltou a registrar queda na comparação mensal após cair 0,2% em julho.

O resultado veio no piso das expectativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que esperavam desde uma queda de 0,30% a aumento de 1,00% , com mediana de 0,30%.

Em relação a agosto de 2017, a produção subiu 2,0%. Nessa comparação, sem ajuste, as estimativas variavam de uma expansão de 1,70% a 3,70%, com mediana positiva de 2,85%. No ano, a indústria teve alta de 2,5%. No acumulado em 12 meses, a produção da indústria acumulou avanço de 3,1%.

O comportamento da produção industrial reflete a dificuldade do setor em engatar uma retomada firme, seja por questões estruturais, seja por fatores pontuais, conforme analistas. Entre o fim de maio e o início de junho, por exemplo, a paralisação dos caminhoneiros contaminou a produção da indústria, o que ainda pode ter influenciado a PIM de agosto.

Além disso, acrescentam, os dados do período devem ser afetados pela parada de plataformas da Petrobrás. No fim de julho, a empresa anunciou a suspendeu temporariamente as atividades da plataforma de Mexilhão, na Bacia de Santos. Ainda no segmento de energia, a PIM deve ser influenciada pela greve da maior refinaria da empresa, a Replan (Refinaria de Paulínia), em agosto.

Por Daniela Amorim, O Estado de S.Paulo