Humberto, do PT, e Jarbas, do MDB, são eleitos senadores por Pernambuco

Humberto Costa (PT) e Jarbas Vasconcelos (MDB) foram eleitos, neste domingo (7), senadores por Pernambuco. Com 100% das seções apuradas às 23h42, o petista recebeu 1.713.565 votos, o que equivale a 25,76% dos votos, e Jarbas ficou com 1.430.802 votos, que correspondem a 21,51%.

“Certamente o meu trabalho vai ser um trabalho importante, de ajudar a construir uma base de sustentação lá no Senado. De trabalhar algumas medidas emergenciais que o nosso governo vai ter que fazer, tipo a revogação dessa reforma trabalhista, revogação da PEC 95”, afirmou Humberto Costa. Jarbas não falou com a imprensa após o resultado da votação.

Neste ano, o eleitor escolheu dois candidatos ao Senado porque o mandato é de oito anos, mas as eleições ocorrem de quatro em quatro anos. Assim, a cada eleição, a Casa renova, alternadamente, um terço e dois terços de suas 81 cadeiras. Neste ano, 54 vagas estavam em disputa no país.

Humberto e Jarbas compuseram a chapa do governador Paulo Câmara (PSB), que foi reeleito com 50,63% dos votos. Cumprindo mandato de senador, Humberto Costa, de 61 anos, foi ministro da Saúde, secretário das Cidades de Pernambuco e da Saúde do Recife. Formado em medicina na UFPE e em jornalismo na Unicap, foi deputado federal, deputado estadual e vereador.

O deputado federal Jarbas tem 76 anos, está no terceiro mandato de deputado federal e também já cumpriu mandatos como governador de Pernambuco, por duas vezes; prefeito do Recife, por duas vezes; senador e deputado estadual. Jarbas é formado em direito pela Universidade Católica de Pernambuco.

Campanhas

Humberto fez uma campanha baseada na ligação com o ex-presidente Lula. Filiado histórico do PT, levou às ruas o slogan “o senador de Lula”, aproveitando a grande popularidade do ex-presidente no estado.

Jarbas, nome histórico do MDB no Brasil, surpreendeu ao fazer coligação com a chapa que incluía o PT, adversário histórico. Afirmou, durante a campanha, que não se arrependia de ter sido a favor do impeachment da ex-presidente Dilma e justificou que agora entendia que estava dentro de um processo político amplo.

Confira o resultado da votação para o Senado em Pernambuco:

Humberto Costa (PT): 25,76%
Jarbas (MDB): 21,51%
Mendonça Filho (DEM): 19,58%
Bruno Araújo (PSDB): 13,91%
Silvio Costa (Avante): 10,23%
Pastor Jairinho (Rede): 2,87%
Albanise Pires (PSOL): 2,14%
Eugênia (PSOL): 1,71%
Adriana Rocha (Rede): 1,38%
Lídia Brunes (Pros): 0,67%
Hélio Cabral (PSTU): 0,25%
Alex Rola (PCO): 0% (teve 6.831 votos anulados por concorrer sub júdice)
Votos válidos: 61,70%
Brancos: 10,95%
Nulos: 27,29%
Abstenções: 17,90%

Por G1 Pernambuco